sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Saudade-Portugal?



Para onde vais saudade-Portugal?
se de vertigem na casa dos olhos trazes o engenho na vela-âncora 
se do teu corpo de fado fazes do sol gente-esperança; 
meu amor se há caminho...
então que de infinito seja o rumo-feito.

Sem comentários:

Enviar um comentário