terça-feira, 15 de março de 2016

BioMelides: Nocturno





Numa noite fria e sem nuvens foi possível contemplar o céu estrelado de Melides e as suas proeminentes constelações, porém ainda sem estarmos perfeitamente alinhados com a Via Láctea.
Esse será o próximo exercício: tentar seguir o rasto da Estrela Polar cá de baixo.







Sem comentários:

Enviar um comentário