terça-feira, 15 de março de 2016

Até sempre Sr. Nico







Até sempre Sr. Talento, Sr. Contente, Sr. Actor Maior.
Hoje, enquanto chove para além das dimensões,
a televisão recorda-te, o país chama-te,
as palavras curvam-se nos sorrisos que fizeste ser,
além do mais, agora, entreabres os céus num brilho eterno Sr. Nico,
enquanto cá em baixo falta sempre qualquer outra coisa.

Nicolau Breyner (1940-2016)

Sem comentários:

Enviar um comentário