sexta-feira, 31 de maio de 2013

Peter Murphy volta a Lisboa para tocar Bauhaus

Foi uma noite única. 
Às vezes sabe bem gritar, ficar rouco, com dores nas pernas e nas costas; só assim ganhamos a certeza que os anos passam (20 para aí) e que ainda temos algumas histórias para contar. 

Foi há mais de vinte anos que ouvi "BELA LUGOSI'S DEAD"pela primeira vez. Foi à tanto tempo que parece que foi ontem... e foi. Foi ontem que ouvi Peter Murphy a cantar com uma voz tão poderosa como nunca. Com uma presença em palco como o palco fosse ele. Onde desfilaram canções cheias de memória. Depois veio a saudade, nome que se veste de preto e embarga a voz. O concerto acabou com uma versão de "Transmision" dos Joy Division. O motivo pela qual Peter Murphy escolheu um tema de uma banda de culto para fechar uma noite de culto aos Bauhaus não sei, mas soube tão bem... 
Que venham outros... 
Vinte.











Sem comentários:

Enviar um comentário