terça-feira, 11 de outubro de 2011

Guarda-rios

a um Guarda-rios chamado Amélia

Amélia tão só Amélia, simplesmente um dia
chegava tarde sem que tarde fosse
ao lugar onde todos os nomes foram inventados
escritos, baptizados na negra pedra angular do rio
para que a força da corrente os levasse para longe
o nome que julgava seu
e assim noutros lugares a voz da maré repetiu
por toda a parte o nome que ninguém mais ouviu
apenas Amélia destino tão só um dia.

Sem comentários:

Enviar um comentário