sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Convite: Café Poema 30-09-2011







Um desafio.
É certo que a voz da poesia não tem sexo. Contudo, curioso será ouvir;
um poema escrito por uma mulher declamado e defendido por um homem, e
um poema escrito por um homem interpretado e protegido por uma mulher.

Numa batalha de versos conjugais, que se quer pacífica, onde os sentimentos das vozes que sentiram serão diferentes dos ecos que as repetem.

O desafio está lançando. Não se sintam rogados e venha de lá essa voz.








Sem comentários:

Enviar um comentário