sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Ao novo ano que aí vem... mexe-te...

Como pano de fundo surge a Lagoa de Melides, cristalina e serena, assistindo aos ciclos do tempo e às vontades do homem.

Aproveitem para sair de cá e de lá, para descobrir caminhos, atalhos, sentidos e interrogações. Aproveitem para questionar as rotas, as aves, os insectos e todos os bichos e plantas, bizarros mundos de tão indiscretos em irrequietas mutações. Percam-se pelo indizível dicionário da biodiversidade. Desfaçam as arestas do sofá e do sono curvilíneo da preguiça. Pulem entre a coroa da flor e ângulo doce do favo do mel. Edifiquem um projecto para o poder rasgar a vosso bel-prazer, ou venerem todas as folhas em branco que vos caem das mãos. Aproveitem para ser melhores. Olhem para cada dia como um desafio diferente, como uma nova perspectiva sem raiz ou âncora, sem peso ou medo de arrasto. Tratem a bênção da natureza como a vossa própria oração.

A todos desejo um excelente 2017 com muita saúde e em paz!





Garça-branca-pequena (Egretta garzetta)




Sem comentários:

Enviar um comentário