terça-feira, 15 de novembro de 2016

Super Lua




Dia 14 de Novembro pelas 17:49 estava a trabalhar quando a lua iria subir aos céus. Como não queria perder este momento, tive que deixar o material preparado no meu primeiro andar altaneiro, para registar a passagem deste modelo lunar no anoitecer lisboeta. 
Assim, antes de sair de casa, junto à janela programei a máquina fotográfica para tirar uma fotografia de 5 em 5 minutos, apontando para o céu onde estaria em breve a super lua. Tinha em mente realizar um pequeno filme em time-lapse deste fenômeno lunar. Infelizmente, por questões técnicas (maldita mancha no sensor), o filme não correu como esperado. Todavia, salvaram-se algumas fotos que recordam o ponto de órbita mais próximo da terra (o famoso perigeu), onde o tamanho da lua foi 14% maior e o seu brilho 30% mais intenso, fazendo o nosso satélite parecer mais perto de nós.


Desde à 68 anos que não se via nada assim, esta foi realmente a maior super lua. Para os mais optimistas, é já ali ao virar da esquina, no próximo ano de 2034, que iremos presenciar  um evento lunar com indicadores superiores a este. Até lá que não andemos aluados. 



No dia 15 também houve lua e ainda bem túrgida.  Nada melhor que aproveitar folga para fotografar o nosso satélite, em cima do telhado na companhia de gatos e telhas frágeis.




Sem comentários:

Enviar um comentário