segunda-feira, 16 de maio de 2016

BioMelides: Cigarrinha-ruiva ou felosa-unicolor (Locustella luscinioides)


Fechemos os olhos e imaginemos por instantes que está um dia quente de verão, onde o som tão característico da cigarra irrompe pelas árvores num zumbido sónico. Porém, não é o insecto que nos traz aqui hoje, mas antes uma pequena ave que apresenta hábitos discretos e um comportamento algo tímido. Não foi fácil observa-la e tivemos que pensar num plano de muita paciência e alguma resistência física.





Aproveitámos o baixo caudal da lagoa para esperar algumas horas dentro dos caniçais pelo vislumbre deste bicho. E a nossa espera foi coroada de êxito, quando por entre as canas espreitou uma Felosa-unicolor ou cigarrinha-ruiva (Locustella luscinioides) ao mesmo tempo que emitia um chamamento constante muito semelhante a um insecto.





De plumagem castanha indistinta e de bico fino, esta ave insectívora é estival e a sua localização ocorre de forma fragmentada pelas lagoas do litoral Alentejano, baixo Mondego e estuário do Tejo. Como tal, estamos perante uma espécie relativamente rara no nosso país.







Sem comentários:

Enviar um comentário