terça-feira, 20 de maio de 2014

A tua luz





Escorreu pelo ouro do teu cabelo,
palmo sensual do teu flanco, 
pulsar em anel da tua boca,
colar em órbita do teu pescoço,
 cume feito fruto do teu peito,
 aresta animal da tua anca,
 declive em incêndio da tua perna,
raiz dos plátanos do teu pé...
e por fim a tua luz fez-me sombra 
do que os meus olhos ainda sonham...
quando fechados.



Sem comentários:

Enviar um comentário