quinta-feira, 14 de maio de 2015

BioMelides: Borboleta-cauda-de-andorinha (Papillio machaon)






No reino da Dinamarca esta linda borboleta está extinta, mas em Portugal e noutros quantos países é um privilégio assistir ao seu magnífico voo. Estamos a falar da boboleta-cauda-de-andorinha (Papillio machaon), com uma envergadura compreendida entre os 6 e os 8 centímetros, com tons de amarelo, preto e azul nas asas, e com cauda pontiaguda. Alimenta-se de funcho e quando se sente melindrada a lagarta desta borboleta, exibe um órgão apelidado de osmeterium (tipo uma língua bifurcada) para deixar os seus agressores de sobreaviso. Pode ser observada entre de Fevereiro a Dezembro.

Sem comentários:

Enviar um comentário